Google+ minha casa, meu mundo: Uma saia para meninas fofas

25 de janeiro de 2010

Uma saia para meninas fofas

Quer aprender a fazer esta saia linda? Passa no mad quilter, que tá beeem explicadinho.



Estes dias me perguntaram por que eu posto tantos links americanos se não gosto tanto dos americanos assim. Naquele dia eu disse que das características que mais gosto neste povo, a solidariedade e a generosidade me chamam a atenção e deveriam ser copiadas por nós.
E postar tutoriais para que todos possam usar, ensinar técnicas e compartilhar descobertas são uma faceta da solidariedade e da generosidade. E nisto as artesãs americanas são imbatíveis!
Eu tenho uma lista imensa de blogs no meu reader, americanos, franceses, ingleses, alemães, nórdicos, portugueses... e apenas as americanas têm esta disponibilidade e despreendimento em ensinar, até mesmo aquelas que ganham a vida publicando livros não deixam de disponibilizar tutoriais em seus blogs.
E eu admiro profundamente esta atitude.
Tão diferente do resto do mundo, incluíndo o Brasil, em que pedir um molde é um tipo de ofensa gravíssima. E não passa pela cabeça de ninguém ensinar aos outros como fazer (salvo honrosas exceções).
Talvez para mim seja fácil falar, já que o artesanato é hobby. De qualquer forma não acredito que fazer um ou outro tutorial vá tirar o mercado de alguém, pelo contrário fará esta pessoa muito mais simpática e querida e, certamente facilitará suas vendas, uma questão primária de publicidade.
Os EUA é o maior mercado de artesanato do mundo, movimenta bilhões de dólares e tenho certeza que os tutoriais que nos são oferecidos pela net fazem parte deste sucesso.
Talvez se mudássemos nossa visão tacanha e mesquinha, cresceríamos todas juntas, ganharíamos todas, não apenas uma ou outra.
Eu não faço tantos tutoriais quanto gostaria simplesmente porque não tenho tempo, minha profissão é outra, mas faço quando posso. Mas se meu plano B (quem não tem um?) der certo, logo, logo vou poder muuuuitoooosss tutoriais para postar aqui.
Sobre o que eu não gosto nos americanos? A tendência de resolver tudo na bala. Antes eram os conquistadores do Oeste, hoje é o exercito e os franco atiradores... mas isso é assunto para outro post.
Beijos
Lu


Beijos

16 comentários:

  1. Lu, não tinha atentado para esta faceta dos americanos, até porque não visito sites americanos. Mas compreendo e concordo com o que você diz acerca da disponibilização de moldes. Isso porque não há possibilidade de alguém perder vendas porque colocou o molde na internet, já que a maior parte das pessoas não tem tempo, disposição ou dinheiro para bancar o artesanato. Tempo, por uma questão óbvia; disposição, porque as pessoas são diferentes entre si e nem todas são quietinhas e dinheiro porque patchwork, por exemplo, é caro de bancar (você sabe bem que uma placa de corte, uma régua e um cortador não saem por menos de R$ 150,00, sem contar os tecidos e aviamentos). Bjs, Karina.

    ResponderExcluir
  2. Eu também não entendo porque as pessoas não compartilham moldes ou pap´s, mas talvez seja mesmo porque não trabalho com isso. Mas, sinceramente, não vejo como uma pessoa possa "perder mercado" dessa forma.

    Hmmmmm rola um plano B, hã ? Tomara que dê certo !

    bjobjo

    ResponderExcluir
  3. Amiga, já voltou de férias?
    Ui, vai deixar mta gente brava depois dessa hahaha
    Mas eu acho legal sim as pessoas ensinarem.
    Tu está mais que certa.
    bjss

    ResponderExcluir
  4. Sabe que eu leio sempre os seus posts e raramente comento por que a vivo me proíbe hehe, mas eu já notei isso tb, eu estou aprendendo a fazer roupas e a coisa mais difícil é encontrar moldes para roupas nos sites e blogs de graça, mas tô enfiando a cara e o blog americano que vc postou essa semana sobre uma almofada com laço, até ensina passo a passo como fazer umas blusas, acho que há sempre o que aprender com cada uma das etnias do mundo, abraços...

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente!!! bjks Rosane Haquim

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu,
    Realmente a saia é linda, gostei muito.
    Boa semana para você.

    ;)

    ResponderExcluir
  7. Nossa LU, falou tudo !!!
    Concordo plenamente com voce.
    Um grande abraço,
    Maria Josefa
    *************

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu
    Concordo com você em gênero, número e grau.
    Acho que se quizermos ser tb o país do futuro, devemos dar chances a outros que ainda não conquistaram seu lugar ao sol.Transmitindo algo que sabemos contribuímos com o crescimento pessoal e intelectual de outros, o que ajuda muito nosso país a crescer.
    Adoro seu jeito crítico e despojado de analisar determinados assuntos. Vc transforma um simples questionamento em um grande ensinamento. Parabéns!!!
    Bjks!

    ResponderExcluir
  9. meninas foférrimas, vc quer dizer, não?!

    ResponderExcluir
  10. gosto muito do seu blog e de suas colocações!
    parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu
    concordo com você, eu sigo milhares de blogs e artesanato pra mim também é hobby, só não faço mais tutoriais porque não tenho máquina digital, é chato pra caramba ficar pedindo emprestado.
    e já vi briga na blogosfera por causa de moldes, o que é uma grande besteiras, pois nenhum trabalho por mais copiado que seja é igual ao outro, tudo é questão de acabamento e escolha de material.
    adorei.
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Luciane!!!
    Força!!!!! Gosto dos teus textos, pois expõe de uma forma muito simples, com coerência, e acima de tudo, manifesta exatamente aquilo que penso sobre os assuntos abordados....O único que não concordei foi o sobre o cigarro, mas respeito....
    Desta forma, vamos dividir o que sabemos, pois somente assim seremos todos mais ricos. Ricos em generosidade, em cultura, em despreendimentos, etc, etc...
    abraços de Maria Filomena

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu
    concordo em parte com vc, pois como eu vivo do artesanato para viver é muito chato quando te copiam e colocam o preço abaixo do seu,e dizem que a criação e delas,é muito triste mesmo.

    ResponderExcluir
  14. Que graça o bebê e a saia!!! Adorei!!!
    Sob esse prisma eu até deixo um pouquinho de implicar com os americanos. E quando digo isso, é porque implico é com aquele protótipo do americano médio, babaca e preconceituoso. Aquele que tem abrigo anti-ataque nuclear. Sabe quais né?
    Mas esse tipo de pessoa chata não é privilégio da América do Norte, tem pelo mundo todo. kkk
    Beijíssimos, Sissi.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ShareThis