Google+ minha casa, meu mundo: Aula # 1

15 de outubro de 2011

Aula # 1



Vou falar, eu só vou começar este fabuloso, sensacional e insuperável (hehehe) curso básico de costura e patchwork por conta da insistência de vocês, mas aviso de antemão e no primeiro parágrafo (para que não fiquem dúvidas) eu não sou uma especialista no assunto. Dou meus pulinhos porque sou metida, fiz aulas de patch e o resto aprendi na internet ou quebrando a cachola, errando mais do que acertando. Mas eu me viro bem, faço colchas, almofadas, toalhas, cortinas, bolsas, necessaires, etc e tal. Só não sei costurar roupas, até queria fazer um curso, mas cadê tempo?

Então, bem esclarecidas as capacidades técnicas desta que vos fala, me perdoem e corrijam eventuais besteiras que eu venha a dizer aqui... ah, e vão me falando o que vocês querem saber.

Bora lá começar a aula? Hoje faço apenas uma introdução, falando dos materiais necessários para começar a costurar. Meio sem graça né? Mas necessário, porque sei que tem muita leitora que quer costurar e não sabe nem por onde começar. Para aquelas que já sabem um pouquinho, postei alguns exercícios, que é para não ficar com ansiedade!

1. Qual máquina comprar?
esta é a minha, uma Janome MC 6600, especificações AQUI

Esta é uma das perguntas que mais me fazem e eu não tenho uma resposta pronta. Porque acho que existe uma máquina para cada pessoa e cada bolso. Existem máquinas usadas excelentes e por um bom preço. Existem máquinas novas que não valem um centavo... O segredo é pesquisar muito (inclusive as usadas) para encontrar  a melhor máquina que caiba em seu orçamento.

Por isso, a minha resposta é sempre a mesma: quanto você pode/quer gastar? Se não for muito, aconselho  comprar uma Singer usada, dos modelos mais antigos, robusta, com corpo de metal e um caseado bonito. Se puder gastar mais, compre uma Janome, qualquer uma delas vale a pena (menos a Sew Mini, que aquilo só é bonitinho). Se você tá podendo, compre logo uma Bernina, a Ferrari das máquinas de costura.

Eu sou fã das máquinas da Janome (isso não é um publieditorial), é a minha marca predileta e de muita gente mais gabaritada do que eu para opinar. São excelentes máquinas, robustas, com muitos recursos em cada faixa de preço e com pontos regulares sempre. E melhor, existem modelos com preços acessíveis.

Mas qual é a melhor máquina (independentemente da marca em cada faixa de preço)? Critérios em ordem de relevância: a mais robusta, com os pontos mais uniformes e que tenha mais recursos e acessórios. Se você vai fazer aplicações (sempre no patchwork) é essencial que a máquina tenha um ponto de casear bonito, parecido com aquele feito à mão, alguns modelos não tem.

O primeiro passo é pesquisar os modelos existentes. Eu recomendaria os sites da Singer e da Janome. A Singer porque é a marca mais popular do país, fácil de comprar e de conseguir assistência técnica, com inúmeros modelos à disposição. A Janome porque é minha predileta. Compare cada uma delas, veja quais são os recursos e acessórios. Leia os manuais (eles estão nos sites). Para comparar preços, use os serviços de pesquisa na net. Mas eu não recomendaria comprar pela internet, porque é preciso experimentar a máquina, a não ser que você já conheça o modelo e esteja certa do que quer.

Estabeleça um limite de preço e pesquise muito, vá até as lojas especializadas, experimente, sinta a máquina, leia o manual. Costure duas ou três camadas de jeans (leve na bolsa) e veja se ela tem dificuldade. Teste todos os pontos decorativos, veja se gosta, porque eles prometem 158.987 pontos e na verdade mais da metade são apenas variações (de tamanho) de alguns poucos pontos. Ah, e veja se ela não faz muito barulho, isso é importante para poder costurar à noite enquanto as crianças dormem... como todas fazemos.

Lógico que é maravilhoso ter um zilhão de pontinhos decorativos, mas eles encarecem a máquina e não são essenciais. Lógico que é ótimo que sua máquina tenha a opção de parar sempre com a agulha para baixo (quando caseamos ou bordamos é uma mão na roda), mas dá para viver sem! Assim como mesa extensora, ponto de overlok, ponto de quilt, etc e tal. Conheço quem faz trabalhos lindíssimos, inclusive quilts, usando aquelas Singers pretinhas do arco da velha, basta mandar colocar um motor. O mais importante é que a máquina vença tecidos mais encorpados e camadas mais grossas de tecido! Para isso tem que ser robusta! E você vai ter que testar,porque só usando e variando a velocidade é que você vai saber se os pontos são uniformes e regulares.

O mais importante é que a máquina seja robusta e tenha os pontos sempre uniformes. Robusta para não empacar em tecidos mais encorpados ou em sanduíches de manta (para colchas). Uniformidade para não mudar o tamanho dos pontos conforme a velocidade. Digo isso, porque a minha primeira máquina (uma Singer Cosmos) tinha os dois defeitos, era fraca e alterava os pontos! Sem falar que qualquer trabalhinho a mais (como um simples feltro) já a desregulava, gastei muito dinheiro na oficina. Ainda assim, ela me serviu durante anos! E tem que adore esta máquina, porque tudo é questão de adaptação.

Apenas no fim do ano passado, tive coragem de comprar uma máquina mais cara. Vendi o notebook que ganhei de aniversário e comprei uma Janome MC 6600 (esta da fotinha), ela só falta dar conselho e servir cafezinho, o resto faz.  Amo minha máquina! Ela é toda de metal, pesa vinte quilos, não anda sobre a mesa, ultrapassa os sanduíches(colchas) mais grossos, costura 4/5 camadas de feltro e veludo e nem pisca! Os pontos são sempre uniformes e perfeitos, com quase um ano de uso ainda não precisou de regulagem (toc,toc na madeira)...

As máquinas usadas, mais antigas, são sempre uma boa opção, normalmente elas são mais robustas com o corpo feito em metal. Enfrentam melhor as camadas de tecido e não correm pela mesa (heheheh). Se uma boa máquina nova não cabe em seu orçamento neste momento, pesquise as usadas. Valem muito a pena. Mas só compre se a loja te der garantia de alguns meses contra eventuais defeitos!

Sei que não ajudei muito, mas é que não existe uma resposta pronta, são muitas as variantes. Eu compraria a melhor máquina (mais robusta e com mais recursos) que pudesse pagar, para durar a vida toda sem precisar trocar mais tarde.

2. Local de Trabalho:
este é o meu atelier após um dia de trabalho!

Lógico que é super bacana ter um atelier com todas as tralhas à mão. Um lugar para fazer a bagunça que quiser sem incomodar ninguém... mas para a maioria isso é apenas um sonho distante, por conta da falta de espaço (se bem que até na lavanderia dá para fazer bonito, veja o que a Ruby fez AQUI). Durante anos eu costurei na sala ou na cozinha, e tinha que guardar tudo no fim do dia... era cansativo, era chato, mas era o que eu tinha e nunca reclamei. Aliás, nunca nem pensei em ter um quarto de costura, tanto que construí minha casa sem esta previsão. Meu atelier fica em um quarto de empregada que nunca foi usado e eu tomei posse com minhas coisas.

Mas se você tem um espaço, mesmo que mínimo (um canto da sala, da lavanderia, um banheiro que não usa), vale a pena investir em um atelier. É muito mais fácil ser criativa quando todos os materiais estão à mão, expostos... ao menos para mim é assim. Sem falar que dá para largar a bagunça e fechar a porta!

Essencial em um atelier é uma bancada suficientemente espaçosa para que você possa manter sua máquina e a placa de corte (depois falamos sobre isso) sempre à mão. A minha mesa (aqui) foi feita pelo Leo e tem uma fenda por onde eu posso passar o tecido enquanto faço trabalhos grandes,como uma cortina. Agora que ganhei uma bordadeira (meu marido não é um amor?), vou ganhar outra mesa, ou melhor, uma porta de lavabo (é a mais estreita) sobre dois cavaletes... lembre-se que a mesa não pode ser muito alta (a medida padrão das bancadas é 75cm), senão você sentirá dores nas costas ao trabalhar, se a mesa for alta procure uma cadeira baixa, ou vice-versa.

Amo meu mural de inspirações!

Depois, um armário ou estantes (as minhas são aquelas de metal, bem simples) para acomodar os tecidos e os cacarecos. Eu tenho um mural muito bacana, também feito pelo Leo, onde ficam carretéis, fitas, botões e minhas inspirações, ele ocupa toda a parede sobre a bancada e cabe muita coisa! aqui


Ainda no quesito essencial: tábua de passar! AQUI eu ensinei como encapar uma.

Em resumo: uma mesa, cadeira, tábua de passar e uma estante de ferro. Esta pronto seu cantinho.

olha a bagunça que tá!

O resto são caixinhas e/ou cestinhas para separar aviamentos, conforme sua necessidade. Se você não pode ter um mural com muitas divisórias, coloque ganchos, cabideiros, caixinhas parafusados na parede sobre sua bancada e pendure os materiais de uso mais corriqueiro, tesouras, fitas métricas, réguas, linhas.

3. Materiais Essenciais:
Aqui quero listar apenas aquilo sem o que é impossível costurar, além da máquina, porque existem tantas possibilidades que poderia fazer um blog apenas sobre aviamentos! Para começar, você vai precisar fazer um pequeno investimento:

a) Três boas tesouras. Uma para tecido, uma para papel e uma de uso geral (inclusive manta acrílica).

Para cortar tecido,compre a melhor tesoura que puder. Procure uma "de costureira", toda de metal, porque as de alfaiate são muito pesadas e grandes. Uma boa tesoura não custa menos de R$ 70,00, por isso CUIDE MUITO BEM DELA. Como? NUNCA, nunca, jamais, em tempo algum, corte qualquer coisa que não seja tecido (quanto menos manta acrílica e papel!). NUNCA deixe cair no chão. Estes dois pecados fazem sua tesoura perder o fio imediatamente!. Juro.
Mas uma boa tesoura, bem cuidada, demora muiiito tempo para perder o fio. E quando isso acontecer, nada de invencionices, mande do afiador e ponto. NUNCA afie na lixa ou na boca da garrafa (como vi aconselharem por aí.). A minha tem mais de dois anos e nunca precisou ser afiada. Já as outras...

Eu tenho mais de uma dezena de tesouras. Tem a de acabamento, as de bordado, as médias, as serrilhadas... são tantas as possibilidades. Mas para começar você precisa apenas destas três básicas: tecido, papel e de uso geral. Aconselho colocar uma fita colorida na de papel para também não usá-la em outros materiais, para não perder o fio. A de uso geral serve para mantas, fitas, feltros etc e tal.

Eu falei três, mas pensando bem, uma tesoura pequena, de bordado, é sempre útil... para cortar um fio, fazer um acabamento...
eu uso um destes

O cortador circular entra na categoria tesouras... é um instrumento razoavelmente caro, mas extramente útil para quem quer fazer cortes perfeitos com linhas retas, usando as réguas e a placa de corte. No patchwork é essencial! Os cuidados são os mesmos da tesoura. Como usamos também no scrap, se for cortar papel, compre outro. O meu é da marca Olfa, existem nacionais, mas nunca usei um.

b. Fita Métrica e Réguas:


Compre logo duas, prenda uma na sua bancada para facilitar medir os tecidos. Mantenha a outra em local de fácil acesso.

A maioria dos livros e moldes de patchwork usam polegadas como medida (já que a maioria do material é americano), portanto, fitas métricas que usam polegadas em uma das faces são sempre úteis.

Existem réguas especiais para patchwork (em centímetros ou polegadas) como inúmeras marcações que realmente facilitam o trabalho, mas são caríssimas! Eu tenho uma destas (que comprei em um surto consumista) e pouco uso. Gosto mesmo é de uma boa régua de um metro... Mas estas réguas especiais são realmente úteis quando queremos fazer um bloco de patch mais intrincado que exige precisão. aí vai da sua vontade de gastar.


Um esquadro de costureira sempre é útil para traçar linhas perfeitamente perpendiculares.

c) Placa de Corte:


Ou material essencial e caro. O cortador circular apenas pode ser usado sobre uma destas. Já vi quem use papelão ou madeira para cortar, mas estes materiais tiram o fio do cortador, então é uma economia burra, porque as facas circulares de reposição dos cortadores não são baratas. Sem falar que as placas contém marcação de medidas, (de um lado em centímetros, do outro em polegadas) que são essenciais para o corte no patchwork.

As placas são feitas com um material especial que resiste aos cortes sucessivos, sem marcar... teoricamente, porque depois de anos de uso a minha está cheia de marca de cortes, mas em perfeitas condições de uso. A minha é da marca Olfa, quando comprei não existiam as nacionais que são bem mais baratas.

d) Ferro de Passar:

Você vai precisar do melhor ferro e do pior também. Explico. Os melhores são mais pesados e com vapor, portanto são essenciais para passar os tecidos e abrir as costuras, usando o vapor. Já o pior é aquele simplão, sem vapor, que custa R$ 30,00 (comprei um novo estes dias) e será usado para fazer apliquée, porque não podemos usar o vapor (que escapa mesmo quando desligado) nesta técnica que ensino AQUI.

Então, eu tenho um ferro simplinho para o atelier e uso o ferro da lavanderia aqui de casa quando preciso do vapor.

e) Miscelânea:

minhas linhas de bordado

Quanto ao mais você vai precisar do básico de um atelier de costura:

* alfinetes de cabeça - compre os mais finos e compridos, são os melhores. Os mais grossos acabam estragando o tecido.
* dedal (eu não me acostumo com nenhum modelo e simplesmente uso esparadrapo)
* agulhas de vários tamanhos - para começar, compre um daqueles kits da china e com o tempo vá percebendo quais são verdadeiramente úteis para seu uso e então compre algumas de melhor qualidade.
* linhas - compre o branco em cone e as cores em carretéis.
* papel manteiga para moldes
* descosturador (o melhor amigo da costureira)

Sobre as linhas: as melhores para o patch são as 100% algodão ou as mistas, porque as 100% poliéster podem derreter com o calor do ferro, já aconteceu comigo e perdi um trabalho inteiro com a linha que virou chicletes!No mais seguem a ordem do bom senso, linhas fortes para tecidos encorpados, linhas delicadas para tecidos idem.

Quer saber mais sobre linhas? O site da Coats Corrente dá todas as dicas: coats corrente

4. Tecidos:

Para o patchwork em regra usamos apenas tecidos de fibras naturais, como algodão e linho, isso porque as técnicas requerem o uso constante do ferro para vincar e abrir as costuras.

Você vai começar comprando apenas o tecido necessário para este ou aquele projeto. Depois... vira vício! Quando vê tem um armário repleto de seus amados paninhos e começa a desenvolver atitudes doentias, como eu que tenho uma coleção de linhos japoneses que nunca usei... porque acho lindo demais e tenho dó!  Atire a primeira pedra quem nunca fez isso!

meus tecidinhos japoneses

No Brasil há uma carência fenomenal de tecidos de boa qualidade e estampas bonitas como as que vemos nos sites americanos, europeus e japoneses... dá até vontade de chorar, porque você faz o tutorial certinho, mas tua peça nunca fica igual à da americana. Por que? O tecido! Até o caimento é diferente, mesmo sendo apenas algodão! E as estampas então? Bem, nem vamos falar neste assunto, porque dá até raiva.

O mesmo problema temos com o feltro nacional. Ele é fino, embola fácil e tem pouca durabilidade.

Mas é o que temos, então vamos fazer do limão uma limonada!

Sobre os tecidos tenho apenas um conselho SÉRIO a dar: sempre molhe antes de usar. Não precisa lavar com sabão. Basta colocar em uma bacia e embeber completamente o tecido com a água. Depois secar e passar. Isso porque as fibras naturais normalmente encolhem e podem soltar tinta. Você não vai querer que seu trabalho fique todo repuxado e manchado depois de pronto? Vai? Então coloca os paninhos de molho...

Aconselho fazer isso assim que comprar os tecidos, para não misturar com os já prontos para uso... depois nunca mais se acha.

5. Frescurinhas:

Neste item incluo tudo que deixa seu trabalho mais fofo e lindo. Fitas, galões, sianinhas, rendas. Eu compro sempre que gosto e deixo em estoque, porque para criar algo novo eu preciso ter todo o material a mão, senão não sai nada!

***

Esta aula é meio sem graça mesmo, apenas para falar sobre materiais e a máquina de costura. No próximo sábado vamos começar a costurar, vou ensinar como lidar com a máquina, resolver os problemas mais comuns e começar um projetinho bem simples.

***
Para quem está decepcionada e queria já sair costurando, passo um exercício para dominar a máquina! Imprimam os riscos em papel A4, dá para treinar com o papel mesmo ou passar para o tecido com carbono de costura, depois é treino, muito treino para as costuras seguirem perfeitamente os riscos. Acham que é fácil? me contem depois.

No blog da Cynthia Holanda, tem dicas preciosas de costura e estes exercícios para treinar:










Dúvidas, sugestões? Me contem o que acharam e o que querem ver nestas aulas que vão acontecer todos os sábados!

Beijos!!!
Lu



49 comentários:

  1. Adorei a 1ª aula! Os materiais, máquinas, etc eu já conhecia, pois já costuro um pouquinho. Mas os exercícios eu nunca tinha feito (aprendi o pouco q sei sozinha ou na internet) e já estou imprimindo todos p treinar. Obrigada Lu pelo seu empenho e disposição em tornar as nossas vidas mais bela, simples e gentil! Beijos

    ResponderExcluir
  2. A Lu Ramos é capaz de tamanho desprendimento!!! Admiro demais!!! Os bons são maioria!!!! Num mundo tão cheio de competições, onde quem dá mais leva, ainda existem pessoas que fazem o bem pelo simples prazer de fazer. Sem nada em troca. Ou melhor, nada material, porque o valor que isso tem pra nós, que acompanhamos essa dedicação tão rara, é imensurável. Ela, além das dicas maravilhosas que dá, ainda tira tempo para elaborar um tutorial desses, com detalhes de quem realmente se preocupa. Puxa, to passada!!! Lu agradeço demais!!! "Porque há ainda no mundo, graças a Deus, almas-astros onde eu gosto de me refletir, almas de sinceridade e de pureza sobre as quais adoro debruçar a minha." Florbela Espanca “Acho maravilhoso perceber o quanto algumas vidas interagem com a nossa de um jeito tão mágico e bonito(...) Todo encontro que verdadeiramente nos toca é uma espécie de milagre num mundo de bilhões de seres humanos. Algumas pessoas a gente nem imaginava que existiam, mas, meu Deus, que agrado bom é para a alma descobrir que vivem. Que estão por aqui conosco. Pessoas que fazem muita diferença na nossa jornada, com as quais trocamos figurinhas raras para o nosso álbum. “ Ana Jácomo

    ResponderExcluir
  3. Luuu, Amei cada dica!!! Nossa sobre o descosturador nem sabia da sua existência...hahahaha já sofri tanto! Agora nunca mais!!!!!!
    Anotei sobre as dicas das máquinas, quem sabe um dia bem próximo eu venha a ter uma dessas Janome ;)
    Fui ver o cantinho da Ruby, uma graça...até me inspirou na cômoda com a tábua embutida. Meu marido já tinha me dado essa sugestão, mas não consegui visualizar e boicotei....hehehe
    E seu cantinho é o sonho de consumo de qq pessoa, um cantinho só para o atelier...hummm...quem sabe um dia ;)
    Realmente o q a Lili Azevedo escreveu é o q tb quero te agradecer... "Obrigada Lu pelo seu empenho e disposição em tornar nossas vidas mais bela, simples e gentil!"
    Um beijo grande

    ResponderExcluir
  4. Amei! É isso msm, tem que começar explicando os materiais etc, pq eu aprendi na marra, por exemplo! Estou montando aos poucos, já ganhei minha máquina de costura e agora estou querendo uma mesa bacana, a placa de corte e o costurador circular, é td mt caro! E qt aos exercicios, vou lá treinar, pq como é dificil costurar reto na máquina!!! rsrs

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Nossa, Lu, adorei! Até me animei a costurar hoje!

    Estou fazendo curso de costura básica de roupas e adorando também! Faça sim, assim que puder, é uma delícia!!

    Sabe, aqui em casa não tenho espaço para atelier, então uso uma mesa grande na sala, onde fica também uma estante quadriculada que acomoda os materiais, e sabe que funciona?!

    O problema é que estou aprendendo a costurar malhas e, claro, louca pra comprar uma máquina de overloque (só tenho uma Singer reta com pontos decorativos) mas... e o barulho, hein? :T

    Já estou ansiosa pelo próximo post!

    Bjos! Bom final de semana!

    Ana

    ResponderExcluir
  6. Muito legal sua aula!!
    Eu como começo o curso de corte costura semana que vem,e sou totalmente leiga, mas acho que consigo!

    Na verdade, nunca gostei de costurar, mas a vontade de ver uma peça pronta e por gostar de artesanato despertou algo em mim,acho que posso me apaixonar.

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu Ramos!
    Leio seu blog sempre mas acho que é a primeira vez que comento.
    Então vou me apresentar,meu nome é Leila, tenho 31 anos, sou fonoaudióloga, casada, tenho uma filha de 2 anos e moro no interior de MG.
    Na verdade até já te adicionei no face e adoro sua sinceridade.
    Nunca costurei, (mentira, quando eu era criança minha mãe me deixava brincar de costurar na máquina dela...)mas confesso que de uns meses para cá me despertou um desejo de costurar... mas naõ roupas... queria mesmo só fazer algumas lembrancinhas e mimos para minha filha. Agora com esse curso estou mais entusiasmada! Quem sabe não compro mesmo uma máquina?
    Leila Almeida

    ResponderExcluir
  8. Lu,
    Estou adorando suas aulas.
    Não sei se você tem formação como professora...
    Mas que tem jeito, tem!
    Muito obrigada e um bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  9. Simplesmente estou appaixonada pelo seu blog, pelo seu ateliê e pela sua disposição e desprendimento em ensinar tudo o que sabe!!!
    Amei a primeira aula, já vou praticar os exercicios, minha maquina é bem mais simples que tudo isso, ganehi do meu pai qdo disse que queria costurar, ela é elgin bem levinha e novinha, mas quebra galho para peças pequenas e para uma iniciante (e bem inicianet como eu) está bom, para vc ter noção não sabia nem colocar a linha quando ela chegou, nunca tinha chego perto de uma máquina...hehehe e agora até consigo costurar um poquinho (bem pouquinho) vou ser sua aluna de carterinha!!!! E quem sabe depois de aprender mtas coisas me animo e compro uma mega power maquina igual a sua!!!!

    Obrigada pelo carinho

    Bjinhus

    Taisa Mori
    http://tahartesanatos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Lu ! Sensacional sua boa vontade ! Suas explicações estão ótimas! Estou aflita p/ ver as próximas aulas !
    Muito obrigada !
    Nádia

    ResponderExcluir
  11. Oi Meninas, obrigada!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Que bom que vocês gostaram!!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Luuu!!!
    Adorei a primeira aula e acho sempre bom relembrar os materiais necessários para costura. Estou empolgadíssima com suas aulas e espero aprender alguma coisa, já que sou nova nessa área.

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu,
    Sempre olho seu blog.
    Tomei gosto por patch colagem depois que vi uma postagem que vc fez.
    Já costuro à muito tempo. Mas como vc não sei fazer roupas, só roupas para bonecas.
    Esta semana comprei uma revista Moda Moldes vou me aventurar a fazer vestidos para mim.
    Adorei esta aula. Estou sempre querendo aprender mais e mais...
    Parabéns professorinha!
    http://artesanatosdepenha.blogspot.com
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi Lu...

    Sempre visito seu blog, me inspiro, o tenho nos "meus favoritos", mas nunca comentei... pura preguiça, pois passo bastante tempo por aqui!
    Toda vez que "vejo" se atelier fico tão inspirada! Gostaria tanto de ter o meu!!!
    Tenho 27 anos, sou solteira e titia coruja... faço artesanato por paixão e presenteio minha família e amigos com as coisinhas... Também vendo as produções quando encontro algo comercial... mas faço tudo que acho bonitinho! rs
    Aprendi as dicas de como usar papel termocolante com você... então, obrigada!!! rsrs

    Eu vou... mas sempre volto.
    Muito prazer :)

    Manu

    ResponderExcluir
  15. Oi,Lu, e meninas! Adoro seu blog, é lindo de ver , ler e aprender. Sua ideia de dividi-lo com as amigas mostra o quanto vc é grande e agora com o projeto das aulas, o quanto é generosa. Aproveito o dia de hoje para parabeniza-la como professora e deixar um beijo de boa sorte. Let´s patch...

    ResponderExcluir
  16. Oi Lu,
    tenho seu blog na minha lista dos favoritos e sempre dou uma passadinha por cá.
    Adorei a novidade das aulas de costura. Assim como vc, eu tbm aprendi(ainda tem um longo caminho a percorrer)algumas coisas buscando na net e com algumas almas iluminadas que não se importam em compartilhar o que sabem.
    Vc escreve muito bem e de uma maneira agradável e bem-humorada.
    Parabéns pela iniciativa, acredite que o retorno será muito maior do que imagina, porque quem se doa recebe sempre mais de Deus.
    Estarei esperando as próximas aulas!
    Sucesso!
    Jac
    www.flormosuras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pelo post MARAVILHOSO!!!!!!!!!!!!! Assino embaixo de todos os incríveis comentários aqui expostos. Incansavelmente "parabéns" por tão generoso post. Completo, transparente, objetivo sem perder a simplicidade e acima de tudo "rico em detalhes". Que Deus em Sua Infinita Sabedoria, abençôe "tamanha generosidade e carinho" , em cada presente que recebemos de você através de teus posts. Tenha um maravilhoso final de semana repleto de bençãos, em cada segundo de teu viver.Silvia Pazzinatto (Silvinha)

    ResponderExcluir
  18. Oi Lu!

    Fiquei radiante em saber que vc vai compartilhar com a gente um curso de patch! Eu não costuro quase nada; o pouquinho que sei, aprendi na internet com pessoas generosas assim como vc. Mas nunca tive oportunidade de seguir um roteiro de curso e essa oportunidade q vc está oferecendo é imperdível!

    Posso fazer um post para divulgar essas tuas aulinhas lá no blog? Gostaria de indicar teu blog para as meninas que passam por lá!

    Quanto à máquina, concordo com vc. Comprei uma singer eletrônica, os olhos da cara, mas ela não aguenta trabalhos mais pesados. Os pontos estão todos tortos, está precisando de uma regulagem. Tenho uma mini sew da Janome (uma fofurinha, mas coitadinha, muito limitada) e ela vai quebrar o galho até a minha voltar da revisão. Mas prefiro mesmo a Janome. É mais forte!

    Como sugestão, pq vc não transforma as aulas em arquivos pdf? Vc poderia disponibilizar ao finald e cada postagem o arquivo para download. Assim, a gente poderia guardar todas as aulinhas para consultas!

    Bjs e parabéns pela aula!

    Lu
    Como sugestão

    ResponderExcluir
  19. Luciana, fica a vontade para divulgar!!!
    Vou adorar!
    Obrigada a todas, fico feliz que vcs gostaram. Eu adoro ensinar umas coisinhas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Marisa Verginelli de Almeidasábado, outubro 15, 2011

    Oi prô Lu, adorei. Era bem isso o que eu procurava. Tenho 2 máquinas, é 2 e nem costuro. Uma é uma singer daquelas pretas de costura reta e a outra tb é singer só que mais moderna, mas não muito, pelo que vc ensinou acho que vou usar as duas. Amanhã começo os exercícios, ja anciosa pelo sábado. Obrigada Lu por compartilhar e ser tão generosa. Beijos, Marisa.

    ResponderExcluir
  21. Nossa!! fiquei um tempo sem aparecer por aqui, por causa de muito trabalho!!
    Amei e estarei todos os sábados acompanhando as aulas!!
    Bjssss

    ResponderExcluir
  22. Em abril comprei minha máquina, e sem saber nadinha de nada sobre costura, vi o dvd que veio junto e me meti a fazer as coisas... um monte desses materiais que vc mostrou, fui conhecendo com a cara e a coragem quando ia às lojas! Mas ter tudo à mão nessa aula é muuuuuuito mais simples! Agora só vai dar eu seguindo suas aulinhas! bjs e obrigada, Dânia Mara - www.como-se-faz-artesanato.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. M A R A V I L H O S A!!!!!
    Adorei a 1ª aula.
    Ótimas dicas.
    Gosto muito do seu blog.
    Estou ansiosa pela próxima aula.
    Beijo grande e boa semana.

    ResponderExcluir
  24. Olá Lu!
    Adorei suas explicações e dicas! É sempre bom e útil relembrar algumas coisas!
    Concordo em número, gênero e grau com tudo o que li. Também tenho uma Janome (igual a sua) e é simplesmente FANTÁSTICA!!!!!!!
    Parabéns e obrigada!
    Um grande abraço,
    Maria Josefa
    ***************

    ResponderExcluir
  25. Lu, até parece que vc adivinhou meus pensamentos!
    Sou seguidora do seu blog há algum tempo e, embora nunca poste nada, todos os dias venho aqui prá dar uma olhada nas novidades. E desta vez vc arrasou!
    Eu estava procurando na net um curso básico de costura já que eu não sei quase nada e eis que vc surge com dicas preciosíssimas que me ajudarão muito!
    Gostaria de apoiar a sugestão da Luciana em transformar as aulas em arquivos PDF para poder salvar e montar uma pasta. Pense com carinho!
    No mais, só tenho mesmo que te agradecer e te desejar muito sucesso! Beijos

    ResponderExcluir
  26. Lu...

    Adorei...começou arrasando...
    Sobre a maquina, tb pesquisei muito e comprei uma janome a 2030DC. amo....
    Minha próxima aquisição será uma bordadeira....
    Sucesso e até a proxima aula

    ResponderExcluir
  27. Oi Lu, parabéns, adorei!
    Já comecei um curso de patch, mas como era muito distante da minha casa, fiz durante um tempo, mas acabei desisitindo, porém, é algo que gosto bastante, adoro presentear as pessoas com meus feitos.
    Com certeza estarei nas suas aulas, outra coisa, gostaria que explicasse alguns truques para canhotos, tenho um pouco de dificuldade por conta disso.
    Que tal mostrar presentinhos rápidos e simles para o natal, como sachets (adoooro!!), saquinhos para presentes, coasters,.....
    super beijo

    ResponderExcluir
  28. Amei! Deus te abençoe por utilizar e fazer frutificar os dons que Ele lhe deu!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  29. Dicas maravilhosas, parabéns e muito obrigada!!!!!

    ResponderExcluir
  30. Devorei esse post! Amei das dicas, Lu!!! Obrigada por compartilhar!
    Bjos

    ResponderExcluir
  31. Oie Lu! Tudo bem?
    Nossa, fazia um tempinho que não passava por aqui e hoje tirei o atraso, hihihi.
    Que post maravilhoso! Com certeza ajudou muitas leitoras!
    Seu atelier é completo, cheio de ideias e muito lindo.
    Obrigada por ter citado meu minimini atelier, fico muito feliz que vc tenha gostado.
    bjo =)

    ResponderExcluir
  32. Olá Lu!
    Parabéns pelo curso de Patch!
    Estarei esperando a próxima aula com muita ansiedade!
    Bjksssssssss

    ResponderExcluir
  33. Oi Lú!
    Hoje eu li a primeira aulinha e amei. Que bom que você está fazendo isso, vai ajudar muito. Vou fazer esses exercícios no papel e amanhã vou ver a 2ª aulinha.
    Bjos, Lú.

    ResponderExcluir
  34. Ou Lu... eu ganhei uma mine janome, aquela que vc disse que não presta KKKK, de tanto implorar o marido genhei... ja´fiz muitos, mas muitos mesmo...trabalhinhos nela, ganhei dinheirinho e tal, tenho tbém uma VIGORELLI antigona, que era da bisa do marido.... gosto tbém, mas é muito veloz pra mim rsrsrsrs

    Sua primeira aula foi DEMAIS.... ami tudo.... por coincidencia hoje tava fazendo post sobre quilt, que andei parendendo um pouquinho num blog de portugal, e aproveitei e citei seu link lá, pq acho que vale a pena... espero que não se importe, mas minhas leitoras vao amar com certeza.

    Beijos e vamos para segunda aula.

    ResponderExcluir
  35. OOIiii Lu!

    vim aqui a mandado da nossa amiga Joana, conheci seu cantinho e ameiii, vou te seguir!

    bjinhus , vi que tenho muito a prender por aqui rsrs

    bju bju!

    fatti

    ResponderExcluir
  36. Amiga, Seu blog era o que faltava pra mim, amo esta arte, mas não sei fazer...rssss. Vou aproveitar as dicas e tentar aprender.
    Bjs,
    Claudia
    http://cacau-aquiemcasa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  37. Que bom que te achei!!!!!
    Muito bom!!!!!!!!!!!!!!!!
    Vou ler tudo!!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  38. Faço meus todos os comentários fofos deixados acima. Você merece todo o sucesso do mundo ;)

    ResponderExcluir
  39. Muito boa a sua aula. Minha filha ainda não sabe costurar e estou repassando os seus tutoriais para ela. Você sabe, "casa de ferreiro espeto de pau". Muito obrigada por dispor tudo isso para nós. Felicidades.

    ResponderExcluir
  40. Olá Lu! amei o seu blog! suas dicas são ótimas, divertidas. Quero muito aprender patchwork e suas aulas serão muito importantes. Parabéns pelo blog e muito obrigada por compartilhar tantas dicas legais! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  41. Olá Lu... essa semana vou começar um curso de corte e costura, suas dicas também serão muito úteis, vou ler todas elas com carinho!!! Beijos,
    Nanda

    ResponderExcluir
  42. Olá...nossa sua explicação é ótima, gostaria de receber pelo meu e-mail todas as aulas, pois tentei achar por aqui mas não encontrei, só a primeira e a setima. estou apreendendo, se puderes me mandar alguns projetinhos ou modelos de bolsas vou ficar muito contente. Estas de parabéns. Meu e-mail é vbfaguaga@yahoo.com.br Abraço Vanine Faguaga

    ResponderExcluir
  43. Lu, MAravilhosas as suas aulas... Para mim que estou inciando na arte com tecidos foi um achado o seu blog.. Obrigada por compartilhar seus conhecimentos... Atitude belissíma a sua em dividir... Ah.. já me aventuro em colocar minhar peças em meu blog.. PAsse por lá e deixe registro de sua visita, ficarei bem feliz... beijo

    http://fazendoartecassia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  44. Bom dia a todos.
    Desenvolvemos um ferramental especial e um processo inovador, que permite afiar as lâminas de qualquer tamanho (45 mm, 60 mm, etc), no ângulo correto, com precisão e deixando uma área de corte lisa e polida.

    Você pode enviar as laminas e recebê-las afiadas, pelo correio. As despesas de envio e devolução pelo correio são pagas pelo cliente. Se você enviar mais de uma, há a vantagem de pagar as mesma despesas de correio para mais lâminas.

    Aumente a vida útil de suas lâminas usadas e sem corte.
    Não hesite em ligar ou mandar um e-mail. Será um prazer atendê-la.

    Aurélio Palma
    11-4795.35.23 ou 11- 9. 9219.36.60
    email: palma.aurelio@ig.com.br

    Estrada do Itapeti 100 Quadra 5 lote1
    Mogi das Cruzes-SP
    Cep 08771-920

    ResponderExcluir
  45. Olá,fiquei encantada com o blog...trabalhos lindos.Gostaria de estar aprendendo a fazer a bolsa extensora.....como faço?Não tenho muita pratica ba costura , mas tenho muita boa vontade.... Vcs podem ajudar?sulysan@professor.sp.gov.br

    ResponderExcluir
  46. Oi,Lu!

    Sempre visito seu blog mas nunca tinha reparado nas aulas de costura! Há dois anos ando pensando em aprender a costurar(nem sei se tenho talento)e descobri um curso de patchwork aqui no meu bairro por puro acaso. Suas dicas sobre o melhor modelo/marca de máquinas de costura me foram muito úteis pois já vou começar a juntar uma graninha para comprar a minha. Também adorei seu ateliê!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  47. Para quem está pesquisando máquina de costura vou postar minha opinião com intuito de ajudar.
    Comprei minha janome sew mine há um mês e estou arrependida. Queria uma máquina para pequenos reparos: apertar vestidos, fazer bainha, apertar calças sociais, porém se tiver uma dobra de tecido, mesmo tecidos leves, ela não costura. :(
    Não recomendo.
    Mas se alguém, ainda sim, quiser pagar para ver estou vendendo a minha por R$150,00, comprei há um mês e está na garantia.

    ResponderExcluir
  48. Lu.... sou curiosa, passei a tarde buscando informações sobre o assunto,quero começar a fazer patch ...não encontrei muitas explicações.....até encontrar seu post....FANTASTICO tudo que um iniciante precisa para começar a entender o basico...ainda não vi outro igual....obrigada Paty

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

ShareThis